quarta, 27 agosto de 2014

Estou Em: Quixadá
Informax_animado

Grupo de Sem-tetos bloqueia principal rua e realiza manifesto em frente ao BB de Quixadá

E-mail Imprimir PDF

sem_teto_vale_das_pedrasComerciantes reclamaram da situação, isso porque clientes evitaram passar pelo local, causando prejuízo.  

Sem fiscalização: Polo de Lazer do Eurípedes de Quixadá se arrasta desde 2006

E-mail Imprimir PDF

polo_Euripedes__08_2014O dinheiro público no município de Quixadá não é fiscalizado e tampouco usado com a finalidade projetada.

Veja programação: Desfile da Pátria na cidade de Quixadá acontecerá no período matutino

E-mail Imprimir PDF

patria_7_2013Como já é tradicional, a semana da Pátria 2014 terá início na segunda-feira, 01 de Setembro, a partir das 07h30min na Praça José de Barros.

Prefeito quer fazer empréstimo de R$ 10 milhões e “quebrar” o Município de Quixadá

E-mail Imprimir PDF

emprestimo_prefeitura_bb_cO próprio prefeito assinou um decretou vários benefícios dos servidores, sob alegação de falta de condições financeiras da prfeitura.

Sindicato silencioso: Prefeito de Quixadá proíbe férias, licenças e diárias para servidores

E-mail Imprimir PDF

Prefeito_joao_costa

O Sindicato dos Servidores parece desconhecer tais medidas, as quais o prefeito virou as costas para o servidor e até o momento não há uma agenda de mobilização.

Bituca de cigarro: Popular causa incêndio em fazenda de forma criminosa em Quixadá

E-mail Imprimir PDF

fogoCe_pre_alto_banlacaCondutores que passaram pelo local tiveram dificuldade, mesmo assim, nenhuma equipe da PRE foi orientar os condutores.

Conselho Tutelar do município de Quixadá pode parar atividades por precariedades

E-mail Imprimir PDF

Conselheiro_talvanioO Conselho Tutelar se encontra sem conseguir enviar um documento para os órgãos por falta de papel e de um tuner de tinta para a impressora.

Promotor de Justiça promete ajuizar ação e DMT de Quixadá retorna com blitz’s com a PM

E-mail Imprimir PDF

DMt_novo_enderecoO Promotor de Justiça exigiu a regulamentação dos mototaxistas o mais urgente possível, lembrando ainda que o prazo era de 90 dias.

Dor e revolta: idosa de 85 anos morre por falta de medicamento na UPA de Quixadá

E-mail Imprimir PDF

UPAde_Quixada___salaoNa noite desta sexta-feira, 08, o médico faltou. Ele já teria avisado há pelo menos uma semana que não poderia trabalhar.

TAC da Segurança: Prefeitura de Quixadá não cumpre prazos e deixa Promotor e Defensor Público irritados

E-mail Imprimir PDF

TAC_agosto_descumpridoFica notório que os representantes da Prefeitura Municipal de Quixadá não tem se preocupado com possíveis ações do Ministério Público.

Passado mais de setes meses da solenidade de assinatura do Termo de Ajuste de Conduta – “TAC da Segurança”, entre os principais Órgãos do Poder Público do município de Quixadá, no Sertão Central cearense, os resultados são pifeis e uma clara demonstração de que a administração municipal continua acreditando na impunidade. O TAC continua no mundo imaginário e a população tem criticado a falta de ações concretas. 

Em audiência na tarde desta quarta-feira, 06, o promotor de Justiça Dr. Marcelo Pires demonstrou claramente a sua indignação com os resultados apresentados pelos representantes da Prefeitura. Nenhuma cláusula foi cumprida rigorosamente. O defensor público Dr. Júlio Cesar Matias também não gostou do que foi argumentado.

Segundo o procurador do município, Dr. Edil Castro Cavalcante, as escolas estão sendo abertas nos fins de semana para a comunidade. O defensor público solicitou os nomes das escolas e as atividades.

Com relação à iluminação pública, o próprio promotor ironizou, “essa daqui eu não nem comentar, basta sair após as 18 horas do Fórum para constar que não foi cumprida”, disse Marcelo.  Muitas ruas de Quixadá continuam as escuras. 

O tema mais polêmico foi sobre os Mototaxistas, onde foi verificada a omissão do Departamento Municipal de Trânsito- DMT. O promotor disse que vai ajuizar uma ação civil pública em face do órgão.   Segundo o presidente da Associação dos Mototaxistas, Cristiano Lopes, não existe fiscalização. O DMT disse ter efetuado um cadastro dos profissionais no prazo de 90 dias, mas passados todo esse tempo foi feito apenas de 45, o promotor chegou a sorrir como forma de indgnação, uma vez, que Quixadá tem quase 2 mil mototaxistas. 

O promotor disse que não tem mais condições de qualquer um pegar uma bata e ir trabalhar como mototaxista. “O cidadão não sabe se é um profissional ou um bandido”. Ele lamentou que quase nada foi feito, “já passou mais do que o dobrou do prazo”.

Durante todo o debate, o principal argumento foi que não tinha sido cumprido o TAC em virtude da troca de secretários. O falho argumento não convenceu o promotor, “pra me não justifica, 'amanhã' vai trocar de secretário e o próximo vai continuar dizendo que não sabia de nada”, e acrescentou: “isso explica, mas não justifica”.

Sobre combate a poluição sonora, a prefeitura não comprou equipamento de medição, ficando mais uma cláusula totalmente descumprida. Não houve afixação de campanha em bares e restaurantes sobre a venda de bebidas alcoólicas para menores.

Com relação ao CAPS, ninguém soube informar a situação, mas é público e notório que constantemente tem faltado energia. Recentemente o proprietário do imóvel pediu o prédio por falta de pagamento.

“Os secretários fiquem sabendo que, todos os prazos foram descumpridos”. Marcelo Pires deixou claro que não vai abrir mão do cumprimento e reafirmou que não assina documento para ficar armazenado em gaveta.

A Prefeitura Municipal de Quixadá tem um prazo de 15 dias para justificar todas as cláusulas descumpridas, em seguida o promotor deverá avaliar se acionar a Justiça. “Se tiver que acionar, farei por cada cláusula”, garantiu o representante do Ministério Público.

Fica notório que os representantes da Prefeitura Municipal de Quixadá não tem se preocupado com possíveis ações do Ministério Público, uma vez que, as justificativas foram ridículas. O prefeito municipal João Hudson mais uma vez, faltou a audiência.

Apenas o presidente da Câmara, Pedro Baquit esteve presente, faltando todos os demais vereadores. O delegado regional, Alexandre Ferraz; o comandante do 9º Batalhão Coronel, Calixto; o secretário de urbanismo e meio ambiente, Francisco das Chagas, secretária de administração Georgia; Comandante do Ronda, Tenente Cavalcante; advogados Tiago Candido, alem dos já citados. 



Restante do dinheiro do esquema das colunas do hospital foi esquecido pela “CPI da Saúde de Quixadá

E-mail Imprimir PDF

Cpi_da_saude_relatorioNa opinião da Comissão, o recurso a ser devolvido poderia ter sido empregado em outras reformas de menor porte.

Comarca de Quixadá realiza coleta de material genético para exames de DNA de 33 crianças

E-mail Imprimir PDF

pai_presenteA iniciativa, coordenada pela juíza Ana Cláudia Gomes de Melo, diretora do Fórum de Quixadá, faz parte do Projeto Pai Presente.

Sem médico na UPA da cidade de Quixadá: Paciente morre ao sofrer infarto

E-mail Imprimir PDF

Upa_quixada_frentemédico do Dr. Eudásio Barroso também ia deixar o plantão por falta de pagamento médico, mas a Secretaria de saúde resolveu pagar.

Página 1 de 65